Bordando o Patrimônio – Costurando Memórias


Lançado o documentário “Bordando o Patrimônio – Costurando Memórias”, no dia 31 de janeiro, no anexo do Museu da Inconfidência, em Ouro Preto, MG. Perto de celebrar 40 anos como Patrimônio Cultural da Humanidade e lembrar o tricentenário da Sedição de Vila Rica, que marca o “nascimento de Minas”, a obra registra o ofício das bordadeiras e rendeiras, como bem imaterial do município.


O diretor do curta, Fabiano Souza, ficou emocionado na exibição. “Foi um orgulho ter feito o documentário e fazer parte dessa história. As pessoas entrevistadas, que no seu dia-a-dia se dedicam a fazer o bordado com alegria, nos passaram uma lição de vida”, afirma.


Segundo Pedro Augusto, assessor da Secretaria de Cultura e Patrimônio da Prefeitura de Ouro Preto e pesquisador responsável pelo trabalho, “o documentário mostra pessoas reais em seu cotidiano, valorizando este ofício centenário”. Gilson Fernandes, superintendente responsável pela assessoria de comunicação da Prefeitura de Ouro Preto e coordenador do documentário, acrescenta que o filme foi todo gravado por celular. “Recebemos a solicitação da Secretaria de Cultura e Patrimônio para registrar em entrevistas um pouco da história das bordadeiras e rendeiras. A partir daí nos surpreendemos com a riqueza dos depoimentos”.




FICHA TÉCNICA Direção: Fabiano Souza Pesquisa: Pedro Augusto Rodrigues Imagens: Fabiano Souza e Gilson Fernandes Divulgação: Nízea Coelho Edição: Fabiano Souza Coordenação: Gilson Fernandes


Fonte e créditos: mundodosinconfidentes.com.br

20 visualizações

Posts recentes

Ver tudo