Máscaras exclusivas

Atualizado: 23 de Mai de 2020


Máscaras Le Petit Atelier, via Instagram.


Uma das mais conhecidas – se não a principal – características do Artesanato é a exclusividade. Uma peça artesanal é única e, em tempos de pandemia, é prova de sucesso de um segmento que não apenas não parou, como tem se reinventado com primor.


Tudo começou com as máscaras. No exato instante em que foi identificada a sua necessidade, houve união de artesãos para fabricá-las, apoio da indústria para oferecer elásticos, tecidos e suas variações, assim como dos lojistas para facilitar o contato de quem produz com quem consome. Uma onda de solidariedade e de incentivo ao nosso setor. Não bastando, as máscaras se tornaram item de primeira necessidade e prometem permanecer por mais um longo tempo, justamente porque novidades sobre “o novo normal” são atualizadas diariamente.

Máscaras temáticas e com adaptador para elástico, da Leila Corato, via Facebook.


Atentos a isso e, principalmente, às necessidades apontadas pelos clientes, artesãos não demoraram nada para criar adaptadores, bolsas porta-máscaras, conjuntos, kits e – claro! – modelos temáticos. São super-herois, animais, personagens do cinema, do vídeo game e mais um sem-fim de ideias, que se renovam diariamente. Afinal, como bem citou Rita Mazzotti, da WR São Paulo, no episódio 27 do nosso Podcraft: “o artesanato é ágil”. Essa frase ficou na minha cabeça, porque é, exatamente nisso que acredito.

E, falando em WR São Paulo, cabe aqui um adendo para a campanha #deartesanatodepresente, lançada pela organizadora de eventos para estimular o setor, nessa fase de pandemia, e que tem todo o apoio do Canal Craft. Para apoiar, use o selo da campanha em suas postagens e incentive a compra e venda de produtos artesanais também.


Mas, voltando às máscaras, uma ideia que chegou a nós e que eu não quis mais esperar para compartilhar e podermos trocar sobre esse mar de possibilidades para o artesão é a da personalização delas. Não os modelos temáticos, como já vem sendo feito, mas aqueles aos quais, além da costura aplicada à confecção, uma, ou mais, técnicas artesanais entram em cena para tornar aquela unidade exclusiva.


Bordado da inglesa Georgia Bellamy, publicado via Instagram.


Para quem borda, há as opções (com direito a cursos on-line + moldes) da Le Petit Atelier, com as receitas incríveis da chiquérrima Muriel Dias e, mais ideias bem delicadas como as que encontrei no Atelier Ao e nos modelos da Bello Panno e nos lindos trabalhos da Bordar com Dôra. Encontrei esses pelo Instagram, mas – claro! – há infinitamente mais opções e ideias incríveis. Inclusive, se você está fazendo algo bem legal e que valoriza o nosso artesanato, não deixe de enviar sua ideia para o Canal Craft para que possamos divulgar também.

Bordar com Dôra, Atelier Ao e Bello Panno, via Instagram.


Outra ideia que ganhou meu coração veio da butique de papel e objetos de design Papel Craft, que montou um kit com máscaras brancas e canetas Acrilpen, da Acrilex, para que cada um crie seu modelo único. Partindo dessa ideia, uma forma simples de se diferenciar é escrevendo frases, ou mesmo unindo bordados e pintura ou escrita... Enfim! Não há limites para a mente talentosa do artesão, não é mesmo? Então, que tal começar agora mesmo?

Vídeo Papel Craft, via Instagram.


Depois, conta pra gente!


Um beijo enorme,

Faiga Silveira


Fotos e vídeos: divulgação, via Facebook e Instagram

Serviço

Leila Corato – Atelier Leila Corato – https://www.facebook.com/AtelierLeilaCorato/

Le Petit Atelier – http://www.lepetitatelier.com.br/

WR São Paulo – https://www.wrsaopaulo.com.br/

Atelier Ao – https://atelierao.thebase.in/

Bello Panno – @bello_panno

Bordar com Dôra – @bordarcomdora

Georgia Bellamy – @thatembroiderygirl

Papel Craft – https://www.papelcraft.com.br/

Acrilex – https://acrilex.com.br/

52 visualizações

Posts recentes

Ver tudo