• Canal Craft

Mulheres, artesãs, empreendedoras... 3 em 1


O perfeccionismo cobra um preço muito alto. Por esse motivo, o assunto começou com comentários que apresentavam traços de Síndrome da Impostora, em que a pessoa está sempre se sentindo devedora, inferior, incapaz... Isso acontece porque nos cobramos demais e vivemos numa sociedade que, ainda que de forma indireta, cobra da mulher jornadas duplas, triplas e mesmo infinitas, desde que ela, aparentemente, esteja dando conta.


Está difícil equilibrar atividades e horários, principalmente, na pandemia? O tema procrastinação também veio à tona. Há quem acredite que é um dos maus do século, e quem já tenha identificado a ligação entre procrastinação e ansiedade. Porém, é importante lembrar que não podemos taxar falta de organização como ansiedade.


A necessidade de saber delegar. Identificar que não precisamos – e não devemos – fazer tudo sozinhas é fundamental. “Para ser grande, é preciso pensar grande.” Ao abrir sua empresa, não espere ter condições para impulsionar o seu negócio. É claro que delegar tem um ônus e este é o entendimento de que o outro não fará exatamente como você. Porém, é importantíssimo, mais do que pedir ajuda, saber recebê-la.


O momento perfeito não existe. Arrisque-se! Afinal, o que é felicidade para um pode não ser para o outro.


Outro ponto importante sobre delegar é acompanhar de perto, ainda que não se esteja com a mão na massa. Manter o seu olhar para o seu produto é reconhecer que você só cresce no que acredita. Muitas vezes, delegar com sabedoria é saber compartilhar e ouvir o outro, mas sem abrir mão dos seus instintos.


É a história do “olho do dono”. É claro que nem todo mundo acerta sempre, mas, reconhecer o que você tem de bom e de forte, tem muito valor. É importante reconhecê-lo!


Fazer cursos, seguir estudando, adquirindo conhecimento, manter os olhos e ouvidos abertos e despertos para aprender sempre mais. Afinal, “se você acha que sabe tudo, você já começou errado”. O próprio Clubhouse é uma chance de se alimentar de conhecimento.


Foi citado um estudo de produtividade que compara a produtividade no Brasil e na Alemanha, mostrando que os alemães produzem quatro vezes mais que os brasileiros, justamente, por causa da boa gestão do seu tempo. Em contrapartida, no Brasil, sofremos com muitas interrupções. Os estudos também apontam que, a cada interrupção, levamos, pelo menos, quatro minutos para retomar o nosso ponto de partida. Assim, uma dúvida levantada foi: quanto tempo temos perdido no nosso dia, na nossa empresa?


Há quem tenha suas próprias técnicas, ou mesmo use as práticas psíquicas que são disponibilizadas para organização e gestão do tempo. Afinal, “o inimigo do foco é a visão de que somos multitarefas”.


Já que tudo depende da disciplina e isso inclui o nosso entorno, a localização geográfica também pode ajudar. No caso de quem não está exatamente dentro de casa, fazer o ateliê num espaço com o mínimo de interrupções.


Quando perguntadas se fazem agenda: há quem tenha até cinco agendas de uma só vez. Resultado: não sabe onde anotou. Rs...


O tema organização, então, voltou com tudo. Afinal, agenda/ planner são aliados da organização. Pode ser organizar o drive (do computador), organize as suas gavetas, sua casa, o seu dia...


É comum que pessoas muito criativas tenham o pensamento acelerado e sejam um pouco desorganizadas.


Mas, lembre-se: organização é uma coisa, TOC é outra. Tudo em excesso é ruim. O segredo do sucesso, em qualquer caso, é o equilíbrio.


Até amanhã!


11 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Inscreva-se:

  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • Pinterest - Círculo Branco

© 2019 por CanalCraft. Criado com Wix.com