• Canal Craft

O freguês tem sempre razão? Qual é o limite?


O bom atendimento é indispensável, mas a ética do consumidor também é necessária. Na verdade, ética é necessária dos dois lados.


Fique atenta ao “cliente traíra”. Aquele que compra de você, copia e vendo como sendo dele? Este requer que o artesão se imponha, que cative o cliente, deixando claras as suas condições.


Cuidado com os descontos. Busque salientar ao cliente qual o diferencial do seu produto ou serviço. Mas lembre-se: tanto na venda como na compra o respeito e a educação é que determinam o êxito e respeito é uma via de mão dupla. Não é opcional.


Compra e venda é uma troca de interesses. Então, aprenda a “demitir” o cliente. Nem todo cliente que chega é o cliente que você quer. Aprenda a educa-lo, mas, principalmente, apure a sua capacidade de interpretação. Ninguém é obrigado a não ter vida para atender um cliente e a gerar venda.


Por hoje é isso. Mas amanhã tem mais. Até lá!


4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo