• Canal Craft

O melhor da semana no Club


Semana animada e de muitas conquistas para o Club Craft Brasil. Houve temas que se repetiram de tanto que renderam, como estudo dos logos e das marcas. Além disso, tivemos convidados dando dicas preciosas sobre planejamento financeiro e estudo de clientes. Se você perdeu, se liga no resumo que preparamos para você!


Logo X marca – essa é a minha marca

· Sua marca permite identificar o seu produto?


· Não existe contratar alguém para fazer a sua logo. Contrate uma identidade visual.


· Vai registrar? Cuidado com golpe! Certifique-se da idoneidade do contratado.


· Criar uma identidade visual leva tempo. Não existe criação em um dia!


· Ajustes fazem parte do processo de criação.


· Apresente a sua marca o máximo possível. Inclusive, como marca d’água em suas fotos.


Logo x marca: eles dizem quem você é (PARTE 2)

· Focamos muito em redes sociais, mas o site é a maior fonte de buscas dos clientes.


· Você está feliz com a sua marca? Com o que ela está passando sobre você e o seu produto?


· Logos e marcas exigem conhecimento profissional direcionado.


· Algumas economias não valem à pena. Quando houver a possibilidade de delegar, delegue.


· Lembre-se de que fazemos o nosso produto pra gente, mas, sobretudo para o cliente.


Planejamento financeiro do meu ateliê

· Separe as contas bancárias e as suas despesas pessoais das do ateliê.


· Tenha um propósito para cada valor que você investe no seu negócio.


· Planeje os valores que serão investidos na empresa, sem perder de vista os custos fixos e variáveis.


· Não basta ter uma planilha, é preciso saber pensar as planilhas.


· Quem está começando, pode usar um caderninho mesmo. Não precise ficar preso a planilhas.


Quem é o meu cliente?

· “Não existe produto ruim. Existe público errado.”


· Quem reclama que não está vendendo, está comunicando para outras artesãs e não para clientes.


· Se o seu foco é a venda, é preciso olhar para o cliente potencial.


· O universo de redes sociais é propício para que a artesã ensine, no lugar de vender.


· O cliente quer o seu trabalho, mas o concorrente quer o seu cliente. Fique de olho!


Gostou deste resumo?

Perdeu o nosso papo?

Conta pra gente o que mais você quer?

Como podemos melhorar?


Até a próxima semana!

9 visualizações

Posts recentes

Ver tudo