O melhor da semana no Club


Semana agitada e de muitas cores e alegria, começando com Branding Pessoal, passando por estilo e repertório cultural... Enfim! A semana foi mesmo recheada de assuntos incríveis. Confira o resumo que preparamos:


Branding pessoal

A nossa estratégia pessoal interfere na saúde da nossa marca, dos nossos produtos, do nosso negócio.

· Somos nós quem delimitamos até onde e o quê vamos compartilhar sobre a nossa vida.

· Há coisas que é melhor divulgar depois de resolvido. Isso ajuda – inclusive – a passar mais segurança para o seu cliente.

· Nem tudo requer satisfação. Às vezes, sua ausência nem foi notada.

· O que o outro espera de você? E da sua marca?

· Você gera credibilidade ao seu produto e à sua marca.


Um estilo para chamar de meu

Hoje, a conversa começou com um desafio: falar de nós mesmas e, a partir disso, visualizar as características da nossa empresa.

· O que é ser igual e o que é ser diferente?

· Todos somos únicos e temos o nosso estilo. Assim como a nossa marca.

· O que gostamos e o que fazemos pode – e geralmente é – diferente do que o nosso cliente é e faz.

· Muitas vezes, nosso negócio transmite exatamente o que nós somos pessoalmente.

· A gente também se conhece e se reconhece através do outro.


Repertório cultural: curinga para qualquer negócio

Há diferentes formas de alimentar o nosso universo de referências.

· Nutra-se de livros, filmes, viagens...

· Observar também é um exercício para alimentar nosso repertório.

· Obras cujo tema foge das nossas questões do dia a dia são essenciais para aguçar a nossa criatividade.

· Nem tudo o que nos nutre precisa ser utilizado. Às vezes, basta que fique em nosso inconsciente.

· Às vezes, bloqueios com a leitura, filmes, séries..., não passam de falta de exercício para a mente.


Notas fiscais: direito e dever!

A nota fiscal é o documento que comprova venda de produtos e serviços necessário para prestação de contas e comprovações na hora de pagar impostos.

· A nota fiscal comprova venda de produtos e serviços para a prestação de contas e comprovações de impostos.

· Há sistemas de gestão e emissão fiscal que simplificam e muito o trabalho do empreendedor na hora de emitir NF.

· É necessário ter uma certificação digital até para contratar um sistema de gestão fiscal.

· No caso de MEI, não é obrigatória a emissão de NF.

· Conhecimento sobre o assunto é importante, nos tranquiliza e nos protege quando for necessário para o negócio.

Gostou deste resumo? Perdeu o nosso papo? Conta pra gente o que mais você quer?! Como podemos melhorar?


1 visualização

Posts recentes

Ver tudo